Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pessoas com filhos: sentem que estão com falta de ideias para entreter a criançada aos fins-de-semana? Acham que as ofertas de actividades infantis são todas muito infantilizadas e pouco a puxar pelo desenvolvimento intelectual dos mais pequenos? Pois bem, não procurem mais porque o Museu Benfica - Cosme Damião está cá para vos facilitar a vida!
No dia 21 de Fevereiro teve início o ciclo "Hora do Conto" com o cunho da escritora Alice Vieira. No dia do kick off a própria autora e promotora do ciclo leu "A Arca do Tesouro" aos mais pequenos e foi um verdadeiro sucesso! Eu estava lá com a minha sobrinha mais velha e ela adorou. Ou melhor, adorámos as duas, que estes são contos infantis mas também têm o dom de tocar no coração dos mais crescidos e de os fazer repensar muita coisa - este conto em particular era, não só mas também, sobre a falta de tempo dos pais para ouvir e perceber o que se passa no pequeno grande mundo dos filhos.
Até ao dia 11 de Abril são várias as figuras conhecidas do mundo da cultura que vão passar pelo Museu para ler outros contos da Alice Vieira. Este evento foi pensado para os mais pequenos mas os adultos também estão convidados, claro! Quem é que diz que não a um conto lido pelo Rogério Samora? Eu nesse dia estou lá de certeza. Na verdade, isto acaba por ser uma forma divertida de incutir o gosto pela leitura nos mais pequenos, mas é também um regresso à infância dos mais velhos. No final, têm à disposição um stand com os livros da autora onde os mais novos podem escolher e levar para casa o seu conto favorito. Acabaram-se as desculpas para não ler uma história antes de ir dormir! 

Os bilhetes custam 4€ para crianças/jovens até aos 17 anos, e 6€ a partir dos 18.

 

cartaz_CicloAliceVieira_final-page-001.jpg

 

 

Façam like na página do Museu para estarem informados sobre todas as actividades. Eles estão com uma programação muito, muito gira para a criançada e, em breve, vão ter eventos bem interessantes para os adultos. Não vão querer perder. Stay tuned!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06

O Museu Benfica - Cosme Damião está de parabéns. Na passada sexta-feira foi distinguido com o prémio de Melhor Museu Português, atribuído pela Associação Portuguesa de Museologia (APOM). Esta é, portanto, uma excelente razão para visitarem este espaço! Mas há mais. Este museu foi pensado para ser muito mais que um museu desportivo onde, normalmente, se encafuam a grande maioria das taças em jeito de show off. O Museu Benfica - Cosme Damião é muito mais que isso, é um museu preocupado em contextualizar a história do Clube com a de Portugal e do mundo. Sim, fala-se de Campeonatos Nacionais mas também se ouve Amália Rodrigues; sim, fala-se das conquistas do andebol e do futsal mas também da queda do muro de Berlim ou de quando surgiu o primeiro telemóvel; sim, fala-se dos presidentes, os homens que estiveram à frente do Clube, mas também há espaço para a literatura com As três vidas, de João Tordo, O meu nome é Legião, de António Lobo Antunes, Cão como nós, de Manuel Alegre, entre outros; claro que se presta a devida homenagem a Eusébio mas também se fala de cinema com Recordações da casa amarela, de João César Monteiro ou O cerco, de António da Cunha Telles. O Museu Benfica - Cosme Damião é, assim, um espaço que divulga e preserva a memória do Clube mas também a das várias áreas da cultura portuguesa e mundial.
Foram muitas as instituições que se aliaram a este projecto e que ajudaram a fazer deste museu o que ele é hoje e o que representa. A saber: Museu do Fado, Museu da Electricidade, Fundação Portuguesa das Comunicações, Fundação Saramago, Museu do Azulejo, Rock In Rio, Fundação Amália Rodrigues, Museu da Presidência da República... podia continuar. Ao todo foram 67 instituições que ajudaram a construir um importante espaço cultural que, em pouco mais de um ano, se transformou num local de referência da cidade de Lisboa. 

 

2.jpg
Esta impressionante instalação atravessa todos os pisos do museu. Faz parte da área "Orgulho eclético" e abarca os cerca de 500 troféus ganhos pelas modalidades ao longo dos anos. 

A.JPG
Os troféus que resultaram de encontros amigáveis estão na área "Outras conquistas".

 

2.jpg
Taça dos Clubes Campeões Europeus 1961/62.

 

1.JPG
"Lisboa e Benfica", onde a história do Clube se cruza com a da cidade.

 

3.jpg
"O Caminho do Tempo" é a área onde se faz o contraponto da história do Clube com a do país e do mundo. Acompanha o visitante na passagem do piso 0 ao 1.

6.jpg
Réplica de uma arma usada pelos americanos no Vietname. Representa o fim da Guerra do Vietname.

2.jpg
O nome Benfica reflectido no panorama cultural.

1.jpg

Esta planta da cidade de Lisboa mostra os diversos locais da cidade onde o Benfica se instalou: a Farmácia Franco - local da fundação - os campos de treino e, eventualmente, o Estádio, as secretarias e as sedes.

 

2.jpg
A área "Benfica Universal" mostra os locais por onde a equipa do Benfica passou ao longo dos anos e as recordações que de lá trouxe. Há um dente de elefante de Angola, uma salva de Goa, um serviço de café de Bagdad, entre outros.

4.1.jpg

Para quem acha que é um diamante em bruto por lapidar nisto do futebol, pode terminar a visita a tentar marcar um penálti. Não é fácil!

 

1.JPG

 


O Museu Benfica - Cosme Damião está aberto todos os dias das 10h às 18h. Mais informações aqui.

 

Fotografias por Júlia de Oliveira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:36


talk to me!

theallengirlblog@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


no tumblr

Allen girl

no polyvore

my Polyvore

no pintarest

Pinterest


Posts mais comentados


Comentários recentes

  • Sara

    Desculpem mas eu AMEI este champo seco. Comprei em...

  • Carla Marques

    E os comentários dos defensores do piropo no Faceb...

  • isabel

    Quem consegue sair de casa e deixar para trás um r...

  • Marisa Furtado

    Não! Apeteceu-me apenas mudar-lhe o nome e o visua...

  • Pedro Neves

    Por momentos pensei que o blog estaria de saída do...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog