Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ter um gato também é isto #5

por Marisa Furtado, em 08.12.14

Feriado. Acordar às 9h e pouco. Abrir a porta do quarto e dar com o gato ali sentado, encostadinho à ombreira da porta, a olhar para mim como quem diz "estava a ver que não". Empurrar o gato que entretanto quer entrar no quarto mas não pode porque o homem ainda está a dormir. Fechar a porta e levar uma dentada no tornozelo direito. Ir à casa de banho fazer um xixi e ter o gato sentado no bidé a olhar para mim, porque ter um gato também é nunca mais ir à casa de banho sozinha. Abrir a janela da varanda para apanhar a roupa que tinha estendida. Fechar a janela para o gato não ir para a varanda, porque ter um gato também é viver com o pesadelo de eles se atirarem do parapeito e se esbardalharem lá em baixo. Apanhar a roupa com o gato a olhar para mim e a miar do outro lado da janela. Dar comida ao gato. Tomar o pequeno-almoço. Esticar-me no sofá da sala com o portátil no colo e preparar-me para ver Klhoe and Kourtney take the Hamptons, que apesar de ser feriado também é segunda-feira e nenhuma das opções de programas televisivos me agrada. Chamar o gato que vem a correr ter comigo e se manda para cima da minha barriga recém-cheia de café com leite. Assim que se vê em cima da manta polar do sofá desata a fazer patinhas e liga o motor dos ronrons. Derreto-me e faço-lhe festinhas. Perder 10 minutos até encontrar um link decente para ver a série, sempre com o gato ali. Encontro o link e aconchego-me no sofá. O gato salta do sofá e começa a andar pela sala, claramente à procura de alguma coisa para fazer. Salta para a mesa de centro e começa a mandar as velinhas ao chão. "Kubrick!" Apanho as velas e volto para o sofá. O gato salta da mesa e vai-se pôr ao pé dos presentes de natal enquanto olha para mim, claramente a desafiar-me. "Kubrick não." Chega-se mais um bocadinho. "Kubrick!" Começa a comer a árvore de natal. "Shhhhhht!" Pára de comer a árvore e olha para mim com uma expressão esquisita. Engasga-se e começa a tentar vomitar. Engole e fica bem. Volta a abrir a boca em direcção aos ramos. Ainda só vi dois minutos da série. Pego no gato, ponho-o fora da sala e fecho a porta. Mia baixinho. Ouço-o a saltar para cima da mesa da entrada. Silêncio. Dois minutos depois plimplimplimplim. Todas as moedinhas que estavam em cima da mesa da entrada vão parar ao chão, que o meu homem tem uma carteira mas não a usa, que é muito melhor andar com os trocos nos bolsos e esvaziá-los para cima da mesa da entrada quando chega a casa. Abro a porta da sala irritada. Vejo o gato em cima da mesa com a pata em cima da última moeda. Olha para mim e empurra lentamente a moeda até ela cair. Salta da mesa e vai para o chão brincar com as moedas. Pego nas moedas e ponho-as na tacinha onde guardamos as chaves. Volto para a sala e fecho a porta. Ouço o gato a miar à porta do quarto. Ouço o correr dos estores. O homem sai do quarto estremunhado, vem ter comigo à sala, dá-me um beijo e pergunta porque é que tinha a porta fechada com um ar muito admirado. Vai tomar o pequeno-almoço e o gato vai atrás dele. Já sabe que vai receber bocadinhos de fiambre de frango, o interesseiro. 1h depois de acordar posso, finalmente, ver a série.

 

10469754_10205090608923412_3699315907358427314_n.j

 

Quando quer consegue ser muito chatinho e dasafiador mas já não imagino a minha vida sem esta bola de pêlo. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:38


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Laissez Faire a 09.12.2014 às 12:24

Meu Deus, esse gato levava-me à loucura!
Sem imagem de perfil

De Marlene Pires a 10.12.2014 às 11:45

Este gatinho é muito parecido com o meu Teddy, não só no aspecto como no comportamento :)
Imagem de perfil

De Yria Rivers a 13.12.2014 às 14:11

Que gato lindooo
O meu gato segue-nos até à casa de banho para beber água da torneira do bidé ou, se for de manhã, primeiro tem que vir para cima do nosso colo para pedir mimos... na casa de banho...
Imagem de perfil

De A senhora do gatinho a 13.12.2014 às 16:22

Adorei a descrição.Cá em casa é parecido e em dose dupla, uma verdadeira animação :)
O gato é muito giro.

Imagem de perfil

De Anabela a 13.12.2014 às 18:58

Os gatinhos são mesmo especiais! Uns traquinas, mas ao mesmo tempo uns queridos!
Esses olhos verdes são lindos, um gato lindo!
esse não derruba a árvore de natal? O meu só descansa para a deixa deitada no chão!
Imagem de perfil

De t2para4 a 13.12.2014 às 20:40

eh eh eh eh tal e qual parecem os gatos das piolhas. Acrescida à total ausência de privacidade por parte das piolhas, os gatos também fazem o mesmo. A minha casa de banho é um mar de seres :)
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 13.12.2014 às 21:00

Bom, mal por mal não estás de "nariz ao peito" como eu... Mas adorei, parecia que estavas a descrever a minha Piccolina (ou nº2)...


A vida sem eles? Jamais!


B'jinhos grandes 

Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 13.12.2014 às 21:44

como eu entendo essa descrição do dia.
Tenho dois uma, a Maria é um "emplastro" que não sai de cima de mim e o outro o Snoo adoraria estar em cima de mim, mas a irmã não deixa.
Bom fim de seman
Imagem de perfil

De marta-omeucanto a 10.03.2015 às 17:44

São mesmo umas bolinhas de pelo, que só apetece pegar ao colo e encher de beijinhos! É lindo, e muito parecido com a nossa Tica!
Sem imagem de perfil

De Patrícia a 05.04.2015 às 18:16

Ehehe, este post dá um bom exemplo de como pode ser conviver-se com um gato.

A forma como eles conseguem inventar brincadeiras para nos chamar a atenção está sempre a surpreender-me.

No meu caso, ajudou imenso dar uma companhia à Luna, deixou de estar tão carente, já que em vez de vir tantas vezes pedir os mimos a mim, vai também à outra gata. Em compensação, a segunda gata é ainda mais carente, pelo que também me implora por atenção, com um ronronar ainda mais alto, com umas patinhas que "amassam" tanto que me arranham e o terrível vício de me lamber, que quando o faz no cabelo basicamente está a puxá-lo.

Mas, adoro-as, são muito especiais cada uma delas à sua maneira e espero tê-las comigo muitos e muitos anos :)

Comentar post


Pág. 1/2



talk to me!

theallengirlblog@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


passaram por cá



no tumblr

Allen girl

no polyvore

my Polyvore

no pintarest

Pinterest

Follow



Comentários recentes

  • Carla Marques

    E os comentários dos defensores do piropo no Faceb...

  • isabel

    Quem consegue sair de casa e deixar para trás um r...

  • Marisa Furtado

    Não! Apeteceu-me apenas mudar-lhe o nome e o visua...

  • Pedro

    Por momentos pensei que o blog estaria de saída do...

  • Restaurante A Mexicana

    Sr. Miguel Diniz, obrigado pelo elogio!Quanto ao p...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog