Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dos hábitos irritantes

por Marisa Furtado, em 13.08.14

Alguém me consegue explicar qual é a cena fetichista de espremer borbulhas e pontos negros dos corpos alheios? Falo daquelas pessoas que assim que avistam uma borbulhinha nas costas ou na bochecha do vizinho do lado começa-lhes a tremer o sobrolho e em menos de nada é vê-las de polegares encostadinhos e de olhar semicerrado enquanto se aproximam daquele pequeno ponto. E depois estão ali a escarafunchar, a escarafunchar e só descansam quando aquilo que era apenas uma borbulhinha ou um pontinho negro, que iria cair por si mais cedo ou mais tarde, rebenta e começa a largar pus. Só aí é que elas ficam satisfeitas, a olhar para o pus a escorrer pela pele com um sorriso nos lábios e olhar vitorioso, com a sensação de dever cumprido. Sou só eu que acho isto a coisa mais nojenta de sempre? Acho que sou, porque praticamente toda a gente que conheço tem esta pancada. São aquelas pessoas que têm este hábito asqueroso mas que depois são muito selectas "Ai eu só faço isso ao meu marido!" com se fosse a derradeira prova de amor. E depois é vê-las na praia - sempre na praia... - sentadas em cima do rabo do desgraçado a inspeccionar-lhe as costas à procura de mais pontinhos para rebentar. Pessoas que fazem isto: entre vocês e aqueles macaquinhos que catam os piolhos uns dos outros não há diferença nenhuma. Não se iludam. E parem de falar disso como se fosse um acto de amor! Não é.


Já me cheguei a queixar a terceiros do facto de ter uma borbulha na ponta do nariz, ou na testa, ou no queixo, enfim, é sempre naqueles pontos estratégicos à vista de toda a gente que as p$#&s se instalam, e invariavelmente a resposta do outro lado foi "chega aqui que eu rebento-te isso." Mas... porque é que eu haveria de fazer uma coisa dessas? Porquê?! Se eu nem a mim própria faço isso, porque é que ia deixar que fosse outra pessoa a fazê-lo? Prefiro estar três dias a besuntar a malvada com Halibut do que estar a espremer seja o que for. Aposto que estas são as mesmas pessoas que vão para a praia de pinça em riste para passarem todo o santo dia a arrancar pelos das virilhas e das pernas. Será que o fazem porque não têm candeeiros de jeito em casa? Será que é para poupar na esteticista? Será que é para fazer render o tempo? Há coisas que eu, simplesmente, nunca vou entender.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 10:10


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Isa a 13.08.2014 às 12:26

Opá que nojice blargh.. não consigo espremer borbulhas e pontos negros a alguém que não seja a minha pessoa, nem sequer no meu marido lol

Comentar post



talk to me!

theallengirlblog@gmail.com

Mais sobre mim

foto do autor


passaram por cá



no tumblr

Allen girl

no polyvore

my Polyvore

no pintarest

Pinterest

Follow



Comentários recentes

  • Carla Marques

    E os comentários dos defensores do piropo no Faceb...

  • isabel

    Quem consegue sair de casa e deixar para trás um r...

  • Marisa Furtado

    Não! Apeteceu-me apenas mudar-lhe o nome e o visua...

  • Pedro

    Por momentos pensei que o blog estaria de saída do...

  • Restaurante A Mexicana

    Sr. Miguel Diniz, obrigado pelo elogio!Quanto ao p...



Pesquisar

  Pesquisar no Blog